Amós 9

Almeida Antiga - IBC

Visão da destruição do altar
1 Vi o Senhor, que estava sobre o altar; e me disse: Fere o capitel da porta, para que estremeçam os umbrais; e corte-os na cabeça, todos eles; e eu matarei à espada o último deles; o que fugir deles não fugirá para longe, o que dentre eles escapar, não se safará.
2 Ainda que cavem até o inferno, dali os tirará a minha mão; ainda que escalem ao céu, dali os farei descer.
3 Ainda que se escondam no cume do Carmelo, buscá-los-ei, e dali os tirarei; e, ainda que se ocultem aos meus olhos no fundo do mar, ali darei ordem à serpente, e ela os picará.
4 Também ainda que vão para o cativeiro diante de seus inimigos, ali darei ordem à espada, e ela os matará; e eu porei os meus olhos sobre eles para o mal, e não para o bem.
5 E o Senhor, o Deus dos exércitos, é ele o que toca a terra, e ela se derreterá, e prantearão todos os que nela habitam; e ela toda se levanta como a inundação, e se afogará, como pela inundação do Egito.
6 Ele é o que edifica as suas câmaras no céu, e tem fundado sobre a terra a sua tropa; que chama as águas do mar, e as derrama sobre a face da terra; o Senhor é o seu nome.
7 Não sois vós para comigo, ó filhos de Israel, como os filhos dos etíopes? Diz o Senhor; não fiz eu subir a Israel da terra do Egito, e aos filisteus de Caftor, e aos sírios de Quir?
8 Eis que os olhos do Senhor Deus estão contra o reino pecador, e eu o destruirei de sobre a face da terra; contudo não destruirei de todo a casa de Jacó, diz o Senhor.
9 Pois eis que darei ordens, e sacudirei a casa de Israel em todas as nações, assim como se sacode grão no crivo; todavia não cairá sobre a terra o menor grão.
10 Morrerão à espada todos os pecadores do meu povo, os quais dizem: O mal não nos alcançará, nem nos encontrará.

Promessas de restauração

11 Naquele dia levantarei o tabernáculo de Davi, que está caído, e repararei as suas brechas, e tornarei a levantar as suas ruínas, e as reedificarei como nos dias antigos;
12 para que eles possuam o remanescente de Edom, e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o Senhor, que faz estas coisas.
13 Eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que o que lavra vai ultrapassar ao que sega, e o que pisa as uvas ao que lança a semente; e os montes destilarão mosto, e todos os outeiros se derreterão.
14 Também trarei do cativeiro o meu povo Israel; e eles edificarão as cidades assoladas, e nelas habitarão; plantarão vinhas, e beberão o seu vinho; e farão pomares, e lhes comerão o fruto.
15 E eu os plantarei na sua terra, e não serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz o Senhor teu Deus.

Referências Cruzadas

1 Sl 68:21; Hb 3:13; Am 2:14
2 Sl 139:8; Jó 20:6; Jr 51:53; Ob 1:4
4 Lv 26:33; Dt 28:65; Ez 5:12; Lv 17:10; Jr 44:11
5 Mq 1:4; Am 8:8
6 Sl 104:3; Sl 104:13; Am 5:8; Am 4:13
7 Jr 47:4; Dt 2:23; Jr 47:4; Am 1:5
8 Am 9:4; Jr 30:11; Jr 31:35; Jr 31:36; Ob 1:16; Ob 1:17
10 Am 6:3
11 At 15:16; At 15:17
12 Ob 1:19; Nm 24:18
13 Lv 26:5; Jl 3:18
14 Jr 30:3; Is 61:4; Is 65:21; Ez 36:33; Ez 36:34; Ez 36:35; Ez 36:36
15 Is 60:21; Jr 32:41; Ez 34:28; Jl 3:20

13-15 Concerto renovado nos últimos dias. Nos últimos dias da história da Terra, o concerto de Deus com Seu povo que guarda os Seus mandamentos deve ser renovado. [Cita Oseias 2:18-23; Isaías 10:20; Apocalipse 14:6, 7, 12; v. 13-15] (PR 154).