Gênesis 2

Almeida Antiga - IBC

O primeiro sábado
1 Assim foram acabados os céus e a terra, e todo o seu exército.
2 E no sétimo dia Deus terminou a sua obra que fizera. E descansou no sétimo dia de toda a sua obra que fizera.
3 E Deus abençoou o sétimo dia, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que criara e fizera.

A formação do jardim do Éden
4 Estas são as gerações dos céus e da terra, quando foram criados, no dia em que o Senhor Deus fez a terra e os céus.
5 E de toda planta do campo, antes que estivesse na terra, e toda erva do campo, antes de haver brotado; porque o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, nem havia homem para lavrar a terra.
6 Porém, um vapor subia da terra, e regava toda a face da terra.
7 E o Senhor Deus formou o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente.
8 E o Senhor Deus plantou um jardim, da banda do oriente, no Éden; e pôs ali o homem que tinha formado.
9 E o Senhor Deus fez brotar da terra toda qualidade de árvores agradáveis à vista e boas para comida, bem como a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal.
10 E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços.
11 O nome do primeiro é Pisom: este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro;
12 e o ouro dessa terra é bom: ali há o bdélio, e a pedra de berilo.
13 O nome do segundo rio é Giom: este é o que rodeia toda a terra de Cuxe.
14 O nome do terceiro rio é Tigre: este é o que corre pelo oriente da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates.
15 E o Senhor Deus tomou o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e guardar.
16 E o Senhor Deus ordenou ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente;
17 mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.

Como Deus criou a mulher
18 Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea.
19 E o Senhor Deus formou da terra a todos os animais do campo e a todas as aves do céu, e os trouxe ao homem, para ver como lhes chamaria; e o que quer que o homem chamou a todo ser vivente, esse foi o seu nome.
20 Assim o homem deu nomes a todos os animais domésticos, às aves do céu e a todos os animais do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea.
21 Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem, e este adormeceu; tomou-lhe, então, uma das costelas, e fechou a carne em seu lugar;
22 e da costela que o Senhor Deus lhe tomara, formou a mulher e a trouxe ao homem.
23 Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada.
24 Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher, e eles serão uma só carne.
25 E ambos estavam nus, o homem e sua mulher, e não se envergonhavam.

Referências Cruzadas

1 Sl 33:6
2 Ex 20:11; Dt 5:14; Hb 4:4
3 Ne 9:14; Is 58:13
4 Gn 1:1; Sl 90:1; Sl 90:2
5 Gn 1:12; Sl 104:14; Jó 38:26; Jó 38:27; Jó 38:28; Gn 3:23
7 Gn 3:19; Gn 3:23; Sl 103:14; Ec 12:7; Is 64:8; 1Co 15:47; Jó 33:4; At 17:25; Gn 7:22; Is 2:22; 1Co 15:45; Is 64:8; Jó 10:9
8 Gn 13:10; Is 51:3; Ez 28:13; Jl 2:3; Gn 3:24; Gn 4:16; 2Rs 19:12; Ez 27:23; Gn 2:15
9 Ez 31:8; Gn 3:22; Pv 3:18; Ap 2:7; Gn 2:17
11 Gn 25:18
12 Nm 11:7
14 Dn 10:4
15 Gn 2:8; Pv 24:27
17 Gn 2:9; Gn 3:1; Gn 3:3; Gn 3:19; Rm 6:23; 1Co 15:56; Tg 1:15; 1Jo 5:16
18 Gn 3:12; 1Co 11:9; 1Tm 2:13
19 Gn 1:20; Gn 1:24; Sl 8:6; Gn 6:20
21 Gn 15:12; 1Sm 26:12; Jo 19:30; Jo 19:34
22 Pv 18:22; Hb 13:4
23 Gn 29:14; Jz 9:2; 2Sm 5:1; 2Sm 19:13; Ef 5:30; 1Co 11:8
24 Gn 31:15; Sl 45:10; Mt 19:5; Mc 10:7; 1Co 6:16; Ef 5:31
25 Gn 3:7; Gn 3:10; Gn 3:11; Ex 32:25; Is 47:3; Sl 8:5

2. Sete dias literais (Êx 20:8-11). O ciclo semanal de sete dias literais, seis para o trabalho e o sétimo para o descanso, que foi preservado e continuado no decorrer da história bíblica, originou-se nos grandes fatos dos primeiros sete dias (Ex [MM 92], 52).

7. Participantes da natureza divina. O Senhor criou o ser humano do pó da terra. Deus tornou Adão participante de Sua vida, de Sua natureza. Foi soprado nele o fôlego do Todo-Poderoso, e ele se tornou alma vivente. Adão era perfeito em forma — forte, belo, puro, portador da imagem de seu Criador (Ms 102, 1903).
Vinte vezes mais vitalidade que hoje. Se Adão, ao ser criado, não houvesse sido dotado de vinte vezes maior vitalidade do que os homens possuem agora, a humanidade, com seus presentes métodos de vida que constituem uma violação da lei natural, já estaria extinta.

15 O Éden: o Céu em miniatura. Adão tinha temas para contemplação, nas obras de Deus no Éden, que era o Céu em miniatura. Deus não formou o ser humano meramente para que contemplasse Suas gloriosas obras; por isso, deu-lhe mãos para o trabalho, assim como coração e mente, para contemplação. Se a felicidade da pessoa consistisse em não fazer coisa alguma, o Criador não teria destinado trabalho para Adão; o ser humano devia encontrar felicidade no trabalho, assim como na meditação (MCP2, 602).

16,17. Para repovoar o Céu após o teste. Deus criou o ser humano para Sua própria glória, para que depois de testada e provada, a família humana pudesse se tornar uma com a família celestial. Era o propósito de Deus repovoar o Céu com a família humana, caso ela se demonstrasse obediente a cada palavra divina. Adão deveria ser provado a fim de demonstrar se seria obediente, tal como os anjos fiéis, ou os desobedientes. Se resistisse à prova, suas instruções para seus filhos teriam sido apenas no caminho da lealdade. Sua mente e seus pensamentos teriam sido como a mente e os pensamentos de Deus. Ele teria sido ensinado por Deus como Sua criação e edifício. Seu caráter teria sido moldado de acordo com o caráter divino (Carta 91, 1900).

25 Vestes de luz. Esse casal, que não tinha pecados, não fazia uso de vestes artificiais. Estavam revestidos de uma cobertura de luz e glória, tal como a usam os anjos. Enquanto viveram em obediência a Deus, esta veste de luz continuou a envolvê-los (HR 21).