Levítico 5

Almeida Antiga - IBC

O sacrifício pelos pecados ocultos
1 Se alguém, tendo-se ajuramentado como testemunha, pecar por não denunciar o que viu, ou o que soube, levará a sua iniquidade.
2 Se alguém tocar alguma coisa imunda, seja cadáver de besta-fera imunda, seja cadáver de gado imundo, seja cadáver de réptil imundo, embora faça sem se aperceber, contudo será ele imundo e culpado.
3 Se alguém, sem se aperceber tocar a imundícia de um homem, seja qual for a imundícia com que este se tornar imundo, quando o souber será culpado.
4 Se alguém, sem se aperceber, jurar temerariamente com os seus lábios fazer mal ou fazer bem, em tudo o que o homem pronunciar temerariamente com juramento, quando o souber, culpado será numa destas coisas.
5 Deverá, pois, quando for culpado numa destas coisas, confessar aquilo em que houver pecado.
6 E como sua oferta pela culpa, ele trará ao Senhor, pelo pecado que cometeu, uma fêmea de gado miúdo; uma cordeira, ou uma cabrinha, trará como oferta pelo pecado; e o sacerdote fará por ele expiação do seu pecado.
7 Mas, se as suas posses não bastarem para gado miúdo, então trará ao Senhor, como sua oferta pela culpa por aquilo em que houver pecado, duas rolas, ou dois pombinhos; um como oferta pelo pecado, e o outro como holocausto;
8 e os trará ao sacerdote, o qual oferecerá primeiro aquele que é para a oferta pelo pecado, e com a unha lhe fenderá a cabeça junto ao pescoço, mas não o partirá;
9 e do sangue da oferta pelo pecado aspergirá sobre a parede do altar, porém o que restar, daquele sangue espremer-se-á à base do altar; é oferta pelo pecado.
10 E do outro fará holocausto conforme a ordenança; assim o sacerdote fará expiação por ele do pecado que cometeu, e ele será perdoado.
11 Se, porém, as suas posses não bastarem para duas rolas, ou dois pombinhos, então, como oferta por aquilo em que houver pecado, trará a décima parte duma efa de flor de farinha como oferta pelo pecado; não lhe deitará azeite nem lhe porá em cima incenso, porquanto é oferta pelo pecado;
12 e o trará ao sacerdote, o qual lhe tomará um punhado como o memorial da oferta, e a queimará sobre o altar em cima das ofertas queimadas do Senhor; é oferta pelo pecado.
13 Assim o sacerdote fará por ele expiação do seu pecado, que houver cometido em alguma destas coisas, e ele será perdoado; e o restante pertencerá ao sacerdote, como a oferta de cereais.

O sacrifício pelo sacrilégio

14 Disse mais o Senhor a Moisés:
15 Se alguém cometer uma transgressão, e pecar por ignorância nas coisas sagradas do Senhor, então trará ao Senhor, como a sua oferta pela culpa, um carneiro sem defeito, do rebanho, conforme a tua avaliação em siclos de prata, segundo o siclo do santuário, para oferta pela culpa.
16 Assim fará restituição pelo pecado que houver cometido na coisa sagrada, e ainda lhe acrescentará a quinta parte, e a dará ao sacerdote; e com o carneiro da oferta pela culpa, o sacerdote fará expiação por ele, e ele será perdoado.

O sacrifício pelos pecados de ignorância

17 Se alguém pecar, fazendo qualquer de todas as coisas que o Senhor ordenou que não se fizessem, ainda que não o soubesse, contudo será ele culpado, e levará a sua iniquidade;
18 e como oferta pela culpa trará ao sacerdote um carneiro sem defeito, do rebanho, conforme a tua avaliação; e o sacerdote fará por ele expiação do erro que involuntariamente houver cometido sem o saber; e ele será perdoado.
19 É oferta pela culpa; certamente ele se tornou culpado diante do Senhor.

Referências Cruzadas

1 1Rs 8:31; Mt 26:63; Gn 5:17; Lv 7:18; Lv 17:16; Lv 19:8; Lv 20:17; Nm 9:13
2 Lv 11:24; Lv 11:28; Lv 11:31; Lv 11:39; Nm 19:11; Nm 19:13; Nm 19:16; Gn 5:17
3 Lv 12:1; Lv 13:1; Lv 15:1
4 1Sm 25:22; At 23:12; Mc 6:23
5 Lv 16:21; Lv 26:40; Nm 5:7; Ed 10:11; Ed 10:12
7 Lv 12:8; Lv 14:21; Lv 1:14
8 Lv 1:15
9 Lv 4:7; Lv 4:18; Lv 4:30; Lv 4:34
10 Lv 1:14; Lv 4:26
11 Nm 5:15
12 Lv 2:2; Lv 4:35
13 Lv 4:26; Lv 2:3
15 Lv 22:14; Ed 10:19; Ex 30:13; Lv 27:25
16 Lv 6:5; Lv 22:14; Lv 27:13; Lv 27:15; Lv 27:27; Lv 27:31; Nm 5:7; Lv 4:26
17 Lv 4:2; Gn 5:15; Lv 4:2; Lv 4:13; Lv 4:22; Lv 4:27; Sl 19:12; Lc 12:48; Gn 5:1; Gn 5:2
18 Gn 5:15; Gn 5:16
19 Ed 10:2

6 Apresentar oferta pela culpa. Que membros de cada família comecem a trabalhar em favor de sua própria casa. Que se humilhem diante de Deus. Seria bom ter à vista uma caixa de ofertas pela culpa e fazer com que todos na casa concordem que quem falar palavras indelicadas sobre outros ou pronunciar palavras iradas coloquem certa soma de dinheiro na caixa de ofertas pela culpa. Isto os colocaria em guarda contra as palavras ímpias que ferem, não só seus irmãos, mas a eles próprios. Ninguém, de si ° mesmo, pode domar o membro indisciplinado: a língua; mas Deus fará a obra para aquele que vier a Ele com coração contrito, em fé e com humilde súplica. Através da ajuda de Deus, controlem sua língua; falem menos e orem mais (RH, 12/03/1895).