Escolha uma Página

Zacarias 9

Almeida Antiga - IBC

O castigo de diversos povos
1 O peso da palavra do Senhor está na terra de Hadraque, e Damasco será seu remanescente, quando os olhos do homem, bem como de todas as tribos de Israel, estiverem em direção do Senhor.
2 E também Hamate terá término nela, e Tiro e Sidom, ainda que sejam mui sábias.
3 Ora Tiro edificou para si uma fortaleza, e amontoou prata como o pó, e ouro fino como a lama das ruas.
4 Eis que o Senhor a lançará fora, e ferirá o seu poder no mar; e ela será consumida com fogo.
5 Asquelom o verá, e temerá; também Gaza o verá, e terá grande dor, igualmente Ecrom; porque a sua expectativa será envergonhada; e de Gaza perecerá o rei, e Asquelom não será habitada.
6 Um bastardo habitará em Asdode; e exterminarei a soberba dos filisteus.
7 E da sua boca tirarei seu sangue, e dentre os seus dentes suas abominações; mas aquele que restar, sim ele, será para o nosso Deus; e será como governador em Judá, e Ecrom como um jebuseu.
8 Ao redor da minha casa acamparei por causa do exército, por causa daquele que passa, e por causa daquele que retorna; e nenhum opressor passará mais por eles; pois agora vi com os meus olhos.
9 Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém. Eis que que teu Rei vem a ti; ele é justo e tendo salvação; humilde, e montado sobre um jumento, sobre um jumentinho, filho de jumenta.
10 De Efraim exterminarei a carruagem, e de Jerusalém o cavalo, e o arco de guerra será destruído, e ele anunciará paz aos gentios; e o seu domínio se estenderá de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra.
11 Ainda quanto a ti, pelo sangue da tua aliança tenho libertado os teus presos da cova sem água.
12 Voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também hoje anuncio que te recompensarei em dobro.
13 Quando tiver curvado Judá a mim, enchido o arco com Efraim, e criado teus filhos, ó Sião, contra os teus filhos, ó Grécia; e te tiver feito como a espada de um valente.
14 Por cima deles será visto o Senhor; e a sua flecha sairá como o relâmpago; e o Senhor Deus fará soar a trombeta, e irá com redemoinhos do sul.
15 O Senhor dos exércitos os defenderá; e eles devorarão, e subjugarão com pedras da funda, e beberão e farão barulho como pelo vinho; e encher-se-ão como bacias, e como os cantos do altar.
16 E o Senhor seu Deus naquele dia os salvará, como o rebanho do seu povo; porque eles serão como as pedras de uma coroa, elevadas como uma insígnia sobre sua terra.
17 Pois quão grande é a sua bondade, e quão grande é a sua formosura! O trigo fará alegres os mancebos e o mosto as donzelas.

Referências Cruzadas

1 Jr 23:33; Am 1:3; 2Cr 20:12; Sl 145:15
2 Jr 49:23; Is 23:1; Ez 26:1; Ez 27:1; Ez 28:1; Am 1:9; 1Rs 17:9; Ez 28:21; Ob 1:20; Ez 28:3
3 Jó 27:16; Ez 28:4; Ez 28:5
4 Is 23:1; Ez 26:17
5 Jr 47:1; Jr 47:5; Sf 2:4
6 Am 1:8
8 Sl 34:7; Zc 2:5; Is 60:18; Ez 28:24; Ex 3:7
9 Mt 21:5; Jo 12:15; Jr 23:5; Lc 19:38; Jo 1:49; Is 62:11; Zc 2:10;
10 Os 1:7; Mq 5:10; Ag 2:22; Ef 2:14; Ef 2:17; Sl 72:8
11 Ex 24:8; Hb 10:29; Is 42:7
12 Is 49:9; Is 61:7
14 Sl 18:14; Is 21:1
15 Lv 4:18; Lv 4:25; Dt 12:27
16 Is 62:3; Ml 3:17; Is 11:12
17 Sl 31:19; Jl 3:18; Am 9:14

12 Chuva serôdia. O derramamento do Espírito nos dias dos apóstolos foi a “chuva temporã”, e glorioso foi o resultado. A chuva serôdia será mais abundante, porém. Qual é a promessa para os que vivem nos derradeiros dias? [9:12 e 10:1] (CI 100.1).

12-17 Responsáveis pelas trevas. As trevas do mundo gentio se deviam à negligência da nação judaica, como é representado no cap. 9 de Zacarias. O mundo todo é abrangido no contrato do grande plano da redenção (Ms 65, 1912).
16 A recompensa de Cristo. Cristo olha ao Seu povo em sua pureza e perfeição como recompensa de todos os Seus sofrimentos, humilhação e amor, assim como o suplemento de Sua glória – Cristo, o grande Centro do qual irradia toda a glória (PC [MM 1965], 369).
17. Céu. Diz Deus de Seu povo: [v. 16, 17]. A exaltação dos remidos será um eterno testemunho da misericórdia de Deus (DTN 14.1).